Historial – Banda Municipal de Machico

A Banda Municipal de Machico (inicialmente designada Filarmónica D. Carlos I) foi fundada a 1 de Novembro de 1896 por Jayme Rodrigues Gouveia, João da Costa Miranda, Benjamim da Costa Miranda, Augusto Marcos da Câmara e Ângelo Álvares de Freitas, entre outros. Foram seus maestros, por ordem cronológica, José Feliciano da Cruz (músico Militar de 1ª Classe na situação de reformado que, após a sua estadia em Machico, foi responsável pela Banda da Ribeira Brava), Francisco Maria Nobre, Francisco Assis Moreira, sargento Carapeto, José da Costa Miranda, sargento Rocha (que posteriormente foi para a Banda do Faial), José da Costa Miranda, Filipe Alves Gouveia Vieira, e professor Amaro Nunes dos Santos.

Apresentou-se pela primeira vez em público no aniversário de Sua Majestade o Rei D. Carlos I, no ano de 1897, na Vila de Machico e tocou pela primeira vez no Funchal no dia 15 de Julho de 1899, aquando da Visita de sua Majestade, o Rei D Carlos I à Madeira, como Banda de Honra.
A 21 de junho de 1985, a sua Sede e instrumentos musicais foram destruídos por um incêndio que levou a ficar desativada durante 1 ano. Em Agosto de 1989 a Banda voltou ao ativo e iniciou um conjunto de intercâmbios culturais que até aos dias de hoje, já a levou às Ilhas Canárias e às dos Açores, além de várias localidades do território continental. Das suas idas a Portugal continental é de destacar a sua atuação em 2008 na Bolsa de Turismo de Lisboa no Parque das Nações, a convite da então denominada Secretaria Regional de Turismo e Transportes.

A Coletividade está ligada à criação do Conservatório de Machico. Nos últimos anos, ao Grupo Coral de Machico tem vindo a juntar-se a esta Banda executando música religiosa e profana.
Tendo como principal prioridade a escola de formação da Banda, esta Banda participa ainda como convidada em diversos encontros nomeadamente de Grupos Corais. A coletividade criou um Grupo de Cantares, possui uma “troupe” de Carnaval com cerca de cem elementos, um Grupo de Teatro Juvenil e outro para Adultos, um Grupo de dança e uma Orquestra Ligeira em fase experimental.
A instituição foi dotada de Sede própria definitiva em 2004, de acordo com o programa do Governo Regional, no Sítio da Graça, em Machico. Regozija-se pelo reconhecimento meritório do Estatuto de Utilidade Pública atribuído pelo Governo Regional da Madeira no pretérito ano de 2013, pelo trabalho desenvolvido em prol da cultura na Região Autónoma da Madeira.
Sob a Direção Artística de Nelson Spínola, a Banda Municipal de Machico conta atualmente com cerca de cinco dezenas de elementos.

Bibliografia:
FRANCO, João Elias Domingues (2011); Bandas Filarmónicas Portuguesas, Vila Praia de Âncora: ANCORENSIS;
http://www.jf-machico.pt/turismo/banda-municipal-de-machico/ Consultado a 19 de novembro de 2017.

Comece a escrever e pressione Enter para pesquisar